Inscreva-se agora

* Receba nossas novidades gratuitamente no seu e-mail

Trending News

:

Quebrando o gelo com Antonio Giovanelli
Quebrando o Gelo

Quebrando o gelo com Antonio Giovanelli 

Há 11 anos fazendo parte da família Heatcraft, o gerente de vendas, Antonio Giovanelli, fala ao Portal Resfriando sobre sua trajetória, sonhos e vida pessoal. Confira! 

 

Nome completo, data de nascimento e cidade onde nasceu?

Me chamo Antonio Carlos Carsana Giovanelli, mais conhecido por Giovanelli somente. Nasci em 5 de março de 1982, na cidade de Caçapava, São Paulo. Sou descendente de italianos e na casa da Nonna até hoje comemos apenas pratos típicos italianos, além de conversamos apenas em italiano em casa.

 

Há quantos anos está na Heatcraft?

Sou Engenheiro Mecânico e trabalho na Heatcraft desde 23 de abril de 2003, ou seja, 11 anos.

 

Em qual área trabalha atualmente e quais são suas funções?

Atualmente, trabalho no Departamento Comercial e sou Gerente de Vendas. Sou responsável pelo segmento de OEM, que engloba o Milk Market e o HeatTransfer. As principais funções são: acompanhamento do faturamento, margens e unidades vendidas; revisão e contato frequente com os principais clientes, prospecção; revisão e acompanhamento do trabalho dos principais concorrentes; trabalhar próximo a equipe para troca de informações estudando a melhor estratégia para superar as metas impostas pela empresa.

 

O que mais gosta da sua área? Tem alguma curiosidade, alguma experiência que marcou ou um fato engraçado?

Gosto de trabalhar com a equipe discutindo estratégias de como atingir as metas da empresa e a situação mais importante que me mantém no Departamento Comercial são as viagens a clientes sempre conhecendo pessoas novas, processos produtivos de diversos segmentos e lugares com culturas diferentes, dentro e fora do Brasil.

Um momento que considero engraçado foi durante minha entrevista na Heatcraft com o “Marcão” (Marcos Pereira). Como não tinha experiência, havia trabalhado apenas um ano na Nestlé, o meu argumento de convencimento foi dizer que no meu tempo livre ficava num quartinho de ferramentas do meu avô fuçando nas ferramentas e máquinas e aprendendo alguma coisa. Acho que deu certo… Valeu Marcão!

 

Conte um pouco, em 11 anos de empresa, por quais áreas passou e como isso contribuiu com sua carreira.

Entrei na Heatcraft em 2003, como Estagiário de Engenharia para trabalhar no Departamento de Engenharia de Aplicação. Em março de 2006, passei para o Setor Comercial para trabalhar como Engenheiro de Vendas, onde estou até hoje. Seguir essa trajetória de Estagiário até Gerente dentro da mesma empresa é muito satisfatória, pessoalmente e profissionalmente. O tempo trabalhado na Engenharia me ajudou a adquirir um conhecimento técnico que hoje é a minha base para tomada de decisões que devem ser tomadas na frente do cliente.

Já tive oportunidades de viajar de norte a sul do país no atendimento a clientes, visitando de pequenas empresas a grandes multinacionais. Fora do Brasil, tive a oportunidade de conhecer as três plantas da Heatcraft nos EUA, de Genas na França e em Sydney na Austrália, onde em 2008 trabalhei na área de custos e engenharia de aplicação por 6 meses. Em 2012, visitei a Chillventta em Nuremberg, Alemanha, umas das maiores feiras de refrigeração da Europa.

Meu objetivo é continuar evoluindo técnico e comercialmente, adquirindo novas experiências com novos mercados a serem desenvolvidos. No meu ambiente de trabalho não pode faltar honestidade, dedicação e descontração, pois acredito que são essas as virtudes que o ser humano deve ter para enfrentar o concorrido mundo coorporativo de hoje.

 

Se não tivesse essa profissão, o que gostaria de ser (podem ser aqueles sonhos de ser astronauta, jogador de futebol)? Por quê?

Meu sonho sempre foi ser piloto de caça da Força Aérea Brasileira, antes de entrar na Faculdade de Engenharia, tentei por três anos entrar na AFA (Academia da Força Aérea), mas faltou estudar mais…rs! Não tenho profundos conhecimentos de avião, mas por ter começado a voar muito cedo (um ano de idade para a Itália), acho que isso me fascinou. Vou tentar convencer o meu filho a seguir esta carreira por mim!!!

 

O que mais gosta de fazer nas horas livres? Como é sua família (se é casado, filhos)?

Quando estou de férias, continuo viajando, mas com objetivos diferentes. Conheci alguns países, como: Tailândia, Malásia, Indonésia, Dubai, Itália, França, Suíça e algumas cidades dos Estados Unidos.

Além disso, adoro praticar esporte e com frequência hoje jogo futebol e tênis todas as semanas. Além do esporte, valorizo muito os momentos em que estou junto a minha família.  Sou casado há três anos com a Adriane e tenho um filho, Pietro. Tenho muito a agradecer à minha esposa, primeiro pelo melhor presente do mundo, nosso filho e depois pela grande companheira que é dedicada e sempre pronta a qualquer desafio. Estamos pensando em um segundo filho!

 

Gostaria de agradecer alguém da Heatcraft ou mencionar algum colega de trabalho que seja importante para você?

Gostaria de agradecer algumas pessoas. Primeiramente, o Marcos Pereira que foi a pessoa que me contratou para trabalhar na Heatcraft, confiando no meu potencial e me deu essa oportunidade. Gostaria de agradecer também o Fernando Coelho, que é uma pessoa extremamente técnica, inteligente e culta, adquiri muito conhecimento com ele. E atualmente, além de chefe, um amigo, Paulo Eduardo que sempre depositou muita confiança no meu trabalho, fazendo com que tenha mais segurança nas decisões que tomo. Por último, não menos importante, gostaria de agradecer a equipe que tenho, pessoas do bem, entre as quais temos uma relação de respeito e amizade: Marcos Sattelmayer, Régis Lami e Juliano Leitão. Na verdade, pelo tempo de casa, tenho muitos amigos na empresa, gostaria de agradecer toda a equipe Heatcraft por todos os dias brigarmos pelos mesmos objetivos e fazer o melhor!

 

[fancygallery id=”4″ album=”4″].

Posts relacionados