Motores Eletrônicos Parte 2 – Utilização em Ilhas e expositores refrigerados

Na edição anterior, foi abordada a discussão sobre a instalação de ventiladores eletrônicos em condensadores e as vantagens obtidas com a utilização dessa tecnologia. Mas, se você pensou que condensadores são os únicos equipamentos em que a utilização dessa tecnologia é viável está na hora de reavaliar seus conceitos.
Existem estudos sobre diferentes formas de conservação dos alimentos. Já que a produção nunca foi um problema, uma vez que bastava aumentar a área plantada, não seria viável aumentar a produção sem conseguir estocar e conservar esses alimentos por um longo período. No início, o processo de refrigeração era feito naturalmente através da extração de blocos de gelo de rios e lagos congelados, conservando, assim, os alimentos em pequenas quantidades. Era uma tarefa árdua e não tão eficiente se compararmos com o sistema utilizado atualmente.

No século XVII já se conhecia o efeito do resfriamento causado pelo éter ao se evaporar e foi, a partir desse fato, que começaram a estudar e verificar novas possibilidades de utilização de diferentes gases para a refrigeração. Com a descoberta dos gases para a elaboração do 1° compressor destinado à fabricação de gelo, se passou menos de um século. Após esses fatos e três décadas de evolução chegamos ao sistema utilizado hoje em dia nos supermercados.

1

 

Geralmente, não conseguimos ver os evaporadores responsáveis pela dissipação do frio em um supermercado porque estão instalados na parte de baixo das ilhas/ expositores, junto com os ventiladores e sob os produtos expostos. Sua aplicação nesse ponto é estratégica para melhor circulação do ar e uma melhor troca térmica. Para isso, o ar deve passar a uma velocidade fixa sobre os produtos gerando uma barreira que impeça a entrada de ar quente e ao mesmo tempo faça uma troca térmica mantendo os produtos resfriados. Se a velocidade do insuflamento do ar é muito alta não há tempo para que aconteça a troca térmica ou se a velocidade for muito baixa pode favorecer a entrada de ar quente, que além de prejudicar o produto prejudica a própria ilha, acelerando a formação de gelo, bloqueando o aletado.

Nos sistemas de ilhas e expositores há uma grande utilização de motores Q (Quadrado), conforme imagem abaixo.

2

Apesar de sua utilização em grande escala, esse tipo de motor tem baixa eficiência, considerando apenas o motor, a eficiência máxima obtida é de no máximo 30%*¹ da potência consumida e, todo o restante da potência é dissipada na forma de calor dentro do sistema refrigerado. Buscando melhorar esse quadro a ebm-papst desenvolveu o moto-ventilador ESM, sigla em inglês para Energy Saving Motor,que traz a eficiência dos motores eletrônicos utilizados em condensadores para dentro do supermercado.

3

Componentes de um moto Ventilador ESM e Gráfico de Consumo

 

 

A linha ESM foi projetada para aplicações onde o baixo consumo de energia é essencial, como o ajuste do ponto de operação e a não geração de calor para o sistema de refrigeração, com expectativa de vida útil superior a 40.000 horas sem a necessidade de qualquer tipo de manutenção. As principais características da linha ESM são:

 

  • Solução de Sistema

– Integração de todos os componentes em um único conjunto de motor de alta eficiência com hélices aerodinâmicas em polipropileno.

  • Consumo de no máximo 35 Watts.

– Sua potência varia conforme a formação de gelo no aletado mantendo a rotação e a vazão sempre constante.

  • Eficiência Máxima do Motor 65 %

– Alta eficiência e baixa dissipação de calor dentro do sistema.

  • Velocidade Programável
  • Segunda Velocidade (opcional)
  •  Proteção classe II
  •  IP 54  (estator completamente protegido)
  •  Conexão tipo Plugue (fácil conexão pós-montagem)
  • Sistema anti-vibração integrado
  •  Resistente a choques de 50 g

Os motores eletrônicos ebm-papst estão sempre em constante desenvolvimento para garantir cada vez mais eficiência na movimentação inteligente e silenciosa do ar com um menor consumo de energia.

4

 

Ilha de congelados – Ex. de utilização dos motores ESM

*¹ Comparativo entre motores ebm-papst.

 

asn_bruno.